Menu geral Informações do website E-mail(s) de destino dos formulários Dados do usuário Páginas (geral) Padrões de página Sliders Conteúdo de páginas Fundo, cabeçalho e menus Rodapé Janela de boas-vindas Página suspensa Multimídia Gerenc. de cadastros Estatísticas Ferramentas Aplicativos Informativos

Colunas | Blogs | REVISTA MAISBONITA | Desperte-se

Desperte-se

Coluna: Carlos Alberto


Foto by: Raquel Souza

 

DESPERTE-SE


Foto by: Carlos Alberto

Definitivamente o cabelo mexe com vida das pessoas. Um simples corte de cabelo pode levar qualquer um do topo ao fundo do poço. Imagina um quadro? se ele não tiver uma boa moldura, perde seu valor. Assim também é o cabelo, ele é a moldura do rosto. As pessoas irão julgar e criticar para bem e também para o mal. Não deveria ser assim, pois somos seres humanos e não quadros à venda. Mas infelizmente é! Isso pode nos fazer tão mal, a ponto de sentirmos vergonha de nós mesmos.

O trabalho do cabeleireiro é muito mais do que apenas “arrumar o cabelo”. Muitas vezes, a gente resgata o olhar para si próprio. Não à toa o slogan do meu salão é “desperte a beleza que há em você”. Há anos, me dedico ao ramo da beleza e posso falar com propriedade: 90% das pessoas que se propõem mudar de vida, começa pelo cabelo, pela aparência e nos cuidados pessoais. Quer um exemplo? Vamos falar da Sara:

Quando recebi a Sara pela primeira vez no salão vi que ela era uma mulher que não aceitava o tipo de cabelo que ela tinha. Ela é negra e tem cabelos cacheados, mas usava peruca grande há anos e não a tirava em hipótese alguma, apenas dentro de casa. Ela nunca aceitou seu cabelo. Antes de usar peruca, fazia tratamento químico, relaxamento, tinturas e outros tratamentos caseiros.

Um dia seu cabelo não aguentou. Teve um corte químico irreparável e precisou cortar o cabelo. Ela entrou em um processo de tristeza profunda, pois seus amigos e familiares sempre a viram com cabelos grandes e alisados. Agora, ela tinha “estragado o cabelo” de vez e todos comentaram o quão feio estava. A partir desse momento, Sara acreditou que toda sua beleza tinha ido embora, pois ninguém mais a achava bonita. Ela começou a sofrer muito, pois não queria mais que as pessoas vissem o cabelo dela. Então resolveu colocar peruca, a fim de diminuir as críticas e esconder o seu cabelo por anos.

Quando recebi a Sara procurei fazê-la entender que era linda com o cabelo que nasceu e naquele momento ela precisava enxergar a qualidade do próprio cabelo. Ela aceitou o nosso desafio! Fizemos todo o procedimento, sem que ela olhasse para o espelho. Quando finalizamos ela pôde se ver no espelho e as lágrimas vieram. Até assustei! Achei que era de tristeza ou arrependimento, mas não. Eram lágrimas de felicidade! O resultado foi tão maravilhoso, que ela não parava de se admirar no espelho, pois nem se lembrava de como era seu cabelo. Ela não sabia que ficava linda de cachos! Foi uma verdadeira festa no salão.

Deixar a peruca não é um processo fácil, no caso dela havia anos que usava. Então perguntei a ela se gostaria de sair de peruca na cabeça, mas a transformação foi tão profunda e positiva, que ela guardou a peruca e foi pra casa e nunca mais a usou, pois não havia mais nada o que esconder nem de si e nem das pessoas.

 

NADA CONTRA PERUCA


Foto by: Carlos Alberto

Eu não tenho nada contra peruca, mas tudo depende do motivo pelo qual a pessoa está usando. Tem pessoas que usam porque estão carecas, usam para o trabalho, usam para ter uma experiência diferente. Nestes casos são até saudáveis, pois se tiver que ficar sem perucas, se sentem tão belas quanto.

Tem pessoas que usam perucas para esconder o tratamento no cabelo que deu errado e/ou sentem vergonha de como ele(a) realmente é. Nestes casos, a relação da pessoa com seu cabelo já deixa de ser saudável, pois há uma dependência tão grande da peruca, a ponto da pessoa não viver mais sem ela. E pior: deixam de tratar o cabelo real, pois a peruca se torna a realidade dela.

O cabelo tem o poder de fazer duas coisas: levar uma pessoa a não sair de casa ou estimulá-la a mostrar para o mundo o quão lindo é seu cabelo. Às vezes as pessoas arrumam o cabelo para si próprias, para se sentirem bonitas, sem se importar com a opinião dos outros. Já outras arrumam para o outros e aí mora o perigo. Ela deixa de explorar o que realmente há de belo em si, sempre esperando a aprovação do outro e esquecendo totalmente da sua essência.

 

QUEDA X PERDA DE FIOS


Foto by: Internet

A troca de fios é um processo natural do cabelo. Por dia, podemos perder cerca de 120 fios aleatoriamente, ao longo da cabeça e não apenas em uma área específica. Quando a queda se concentra em uma região só (areata), pode estar ligada a algum problema emocional: estresse, ansiedade, baixa imunidade e neste caso precisa ser tratado.

Nestes casos é importante a pessoa se tratar não só psicologicamente, mas também realizar tratamentos capilares que irão atuar no reforço do bulbo capilar, como por exemplo laserterapia. Esse tratamento estimula as células a produzirem fios mais resistentes e fortes, pausando a queda nesta região.

Em muitos casos, o tratamento capilar já melhora cerca de 50% a autoestima de uma pessoa. Vou te contar um segredo: o processo de melhoria começa apenas pelo ato de ligar e agendar seu horário no salão, pois ela sabe que vai ser cuidada por um profissional na arte de alavancar a autoestima: o cabeleireiro.

Nós cabeleireiros precisamos trabalhar com excelência, qualidade e pensar sempre: como posso mudar a vida de alguém hoje? O cliente que está chegando no salão está em busca de ter suas expectativas superadas, ou seja: não é só dar um up na beleza, mas ser ouvida, valorizada e esquecer dos problemas do dia-a-dia.

 

CUIDADOS NA PANDEMIA

Tem pessoas que não aguentam ficar mais que 15 dias sem ir ao salão, há inclusive relatos (exagerados ou não) de clientes nossos que dizem não conseguir sequer olharem no espelho. Em época de pandemia esses relatos são mais frequentes e os pedidos de dicas para tratamento em casa, já são rotina em nosso salão. Confira:

- Lave cabelo somente na água fria. Água quente / morna dilata a cutícula do cabelo, causa a perda de proteína que é responsável pela maciez dos fios. Assim, os cabelos ficam com aspecto opaco e cheios.

- Não esfregue o cabelo (tração mecânica) durante a lavagem. O atrito do shampoo (agente de limpeza) com o ato de esfregar os fios causam quebras e perda de proteína, uma vez que a cutícula do cabelo é sensível e não aguenta essa tração.

- Use Shampoo sem sal e mais ácido, ou seja com Ph entre 5 e 5.5, pois promovem a limpeza dos fios, sem dilatar tanto a cutícula.

- Substitua o condicionador pela Máscara. Ambos são responsáveis por fechar a cutícula e trazer maciez, mas o condicionador não possui ativos específicos para tratamento capilar. Já as máscaras além de fechar a cutícula, devolvem algo para o cabelo que foi perdido na lavagem com o shampoo, tais como:
nutrição, hidratação e restauração.

- Divida os cabelos em mechas para passar a máscara adequadamente. Use uma espátula ou colher de plástico para manusear a máscara, pois elas possuem nanopartículas que podem se perder no contato direto com as mãos.

- Não deixe a máscara por mais de 15 minutos no cabelo. É mito falar que quanto mais tempo no cabelo, maior a eficácia do produto. Se a cutícula já foi fechada (no prazo máximo de 15 minutos) ela vai parar de agir, pois já fez o prometido.

- Não vá para o sol e nem abafe o cabelo com sacos plásticos e nem toca térmica. Os produtos de antigamente tinham partículas grandes que precisavam de calor para agir. Atualmente os produtos possuem a tecnologia das nanopartículas. Elas são tão pequenas que ao passar no cabelo já agem imediatamente nos fios. Por serem pequenas, são sensível e em contato com o calor, pode até causar o efeito contrário.

- Esse tratamento pode ser feito da seguinte forma

- fios oleosos - 3 a 4 vezes por semana

- fios secos - 2 vezes por semana

Atenção: Essas dicas, não substituem a avaliação física do seu profissional de confiança. Procure-o para indicar os produtos certos para seu cabelo.

 

SALÕES NA PANDEMIA


Foto by: Raquel Souza

Ir ou não ir ao salão na pandemia? Desde que a pandemia chegou, muitos salõesfecharam as portas, outros profissionais estão atendendo em casa e outros estudaram maneiras de adaptar o próprio salão para atender o cliente diretamente nele, mas para isso tem que seguir algumas regras:

- Limpeza redobrada do ambiente

- Materiais esterilizado e higienizados constantemente

- Agendar clientes com horários espaçados entre um e outro

- Disponibilizar Álcool em Gel 70% para clientes e funcionários

- Clientes e funcionários devem usar máscaras o tempo todos

- Fornecer água somente em copo descartável

- Trabalhar com equipe reduzida ou na modalidade de escala

- O salão não pode estar localizado em que o lockdown ainda esteja em vigor.

 

SALÕES EM LOCKDOWN

Há salões que estão em estado de lockdown. Neste caso, os profissionais podem considerar algumas alternativas:

- Continuar movimentando suas redes sociais com dicas e orientações, fotos, vídeos e lives.

- Não perder contato com suas clientes

- Comercializar e-book com dicas de beleza

- Oferecer a opção de voucher pós-pandemia, ou seja, cliente compra o voucher de serviços que será usado após o lockdown

 

Carlos Alberto - Especialista no ramo da beleza há 20 anos, diretor do Salão do Carlos, é formado em tricologia e terapia capilar pela Universidade Centro Técnico Euro América (Goiânia - GO), Palestrante, Colunista da Revista Mais Bonita e atuou em atendimento personalizado para vários artistas e celebridades.

 

EQUIPE SALÃO DO CARLOS
Ana Paula Silva - @anappaimsilva
Claudiana Silva - @claudiana_silva04
Jessica Souza - @jessicasouza_makeup08

COLABORADORES
Cris Alves - @crisalves.barbosa
Geovana Silva - @geovanasilva_16
Lilly Martins - @lilikmartins
Sara Santos - @sara_souplusbh
Ana Beatriz - @beatrizoficial_13
Mi Helena - @mi_helena19
Je Paiva - @jepaivah

PARCEIROS
Raquel Souza Fotografia - @raquel.ferreira.fotografia
Éder Junio Filmagem - @oederjunio
Ponta de Estoque Art Modas - @pontadeestoque_oficial
Vivi Sandálias & Bolsas - @vivisandaliasbolsas

 

.:SERVIÇO:.

SALÃO DO CARLOS
Avenida Joaquim Abel Coelho, 185 - Mantiqueira
Belo Horizonte - MG - CEP: 31652-290
Contato: (31) 98862-7485
E-mail: salaodocarlos.com@gmail.com
Instagram: @salaodocarlos
Facebook: /salaodocarlos

Assessoria de Comunicação:
Liliane Martins
(31) 98884-7476
lilianecmsilva@gmail.com

Compartilhe

Revista MaisBonita - 2018

Flag Counter